domingo, 27 de maio de 2018

CEI Casulo da Borboleta

Para este domingo...

Glândula Timo

No centro do peito, atrás do osso onde as pessoas tocam quando dizem ‘eu’, existe uma pequena glândula chamada timo. Seu nome em grego, “thymos” significa energia vital. Será preciso dizer mais?

Sim, é preciso dizer algo mais… Porque o timo continua sendo um grande desconhecido. Ele cresce quando estamos alegres e se encolhe pela metade quando estamos estressados e mais ainda quando adoecemos. Se somos invadidos por micróbios ou toxinas reage imediatamente produzindo células de defesa. Mas também é muito sensível a imagens, cores, luzes, cheiros, sabores, gestos, toques, sons, palavras e pensamentos. Amor e ódio o afetam profundamente.

Os pensamentos negativos têm mais poder sobre ele que os vírus e bactérias. Como essa atitude negativa não existe de forma concreta, o timo tenta reagir e enfraquece com a luta contra o invasor desconhecido e abre espaços para sintomas de baixa imunidade, como herpes. Em compensação os pensamentos positivos conseguem ativar todos os seus poderes, lembrando que a fé remove montanhas.

...

Estresse e alimentação

Dica preciosa

sábado, 26 de maio de 2018

...

Cecília Meireles

“Aprendi com as primaveras a deixar-me cortar e a voltar sempre inteira.”

Pinhão

...

Um novo ciclo começa hoje...

Mário de Andrade

sexta-feira, 25 de maio de 2018

Debaixo D'água - Maria Bethânia

Debaixo d'água tudo era mais bonito
Mais azul, mais colorido
Só faltava respirar
Mas tinha que respirar

Debaixo d'água se formando como um feto
Sereno, confortável, amado, completo
Sem chão, sem teto, sem contato com o ar
Mas tinha que respirar

Todo dia
Todo dia, todo dia
Todo dia
Todo dia, todo dia

Debaixo d'água por encanto sem sorriso e sem pranto
Sem lamento e sem saber o quanto
Esse momento poderia durar
Mas tinha que respirar

Debaixo d'água ficaria para sempre, ficaria contente
Longe de toda gente, para sempre no fundo do mar
Mas tinha que respirar

Debaixo d'água, protegido, salvo, fora de perigo
Aliviado, sem perdão e sem pecado
Sem fome, sem frio, sem medo, sem vontade de voltar
Mas tinha que respirar

Agora que agora é nunca
Agora posso recuar
Agora sinto minha tumba
Agora o peito a retumbar
Agora a última resposta
Agora quartos de hospitais
Agora abrem uma porta
Agora não se chora mais
Agora a chuva evapora
Agora ainda não choveu
Agora tenho mais memória
Agora tenho o que foi meu
Agora passa a paisagem
Agora não me despedi
Agora compro uma passagem
Agora ainda estou aqui
Agora sinto muita sede
Agora já é madrugada
Agora diante da parede
Agora falta uma palavra
Agora o vento no cabelo
Agora toda minha roupa
Agora volta pro novelo
Agora a língua em minha boca
Agora meu avô já vive
Agora meu filho nasceu
Agora o filho que não tive
Agora a criança sou eu
Agora sinto um gosto doce
Agora vejo a cor azul
Agora a mão de quem me trouxe
Agora é só meu corpo nu
Agora eu nasço lá de fora
Agora minha mãe é o ar
Agora eu vivo na barriga
Agora eu brigo pra voltar

Em junho... Festa do Aipim

Lavanda

Homônimos

"Homônimos perfeitos" são palavras que possuem a mesma grafia e o mesmo som, 
mas que apresentam significados diferentes.


Sonho (utopia, imaginação sem fundamento, fantasia, devaneio, ilusão) / 
Sonho (bolinho de farinha e ovos, frito e depois geralmente passado 
por calda de açúcar ou polvilhado com açúcar e canela)

Juarez Machado, Veneza 2003


CARNAVALE X
Óleo sobre tela - 0,41 x 0,33 cm

...

quinta-feira, 24 de maio de 2018

Crianças

Em junho... 5° Edição Viva! Turismo Joinville

Livro, uma ótima companhia!

Antítese

Belo exemplo de antítese (salgar e adoçar): figura de linguagem que consiste na exposição de ideias opostas. 
Ocorre quando há uma aproximação de palavras ou expressões de sentidos opostos.

Juarez Machado, Veneza 2002


CARNAVALE NELLA LUCE
Óleo sobre tela - 1,00 x 0,73 cm

quarta-feira, 23 de maio de 2018

Roda de Conversa sobre TEA - Transtorno do Espectro Autista

Lançamento "Em nome da Poesia" de Alcides Buss

Asma

Quem convive com a asma sabe o quanto a doença pode dificultar a realização de tarefas do dia a dia. 
Por isso, é fundamental lembrar que a asma pode ser controlada e o SUS oferta o tratamento gratuito. 
Para isso, procure uma Unidade Básica de Saúde (UBS).
Fonte: Ministério da Saúde

P.O.R.R.A.


Um belo dia, um funcionário estava viajando, a trabalho, e recebeu um e-mail de seu gerente, no qual estava escrito:
"PORRA".
No dia seguinte, o funcionário respondeu o e-mail com a seguinte expressão: "FODA-SE".
Retornando ao escritório central, foi imediatamente chamado pelo gerente, que lhe disse:
- Você não tinha o direito de me responder daquele jeito! O meu e-mail era simplificado e o significado de PORRA é: 
"Por Obséquio Remeter o Relatório Atrasado".
O funcionário argumentou:
- Eu sabia disso... e foi exatamente dentro desse espírito que lhe respondi FODA-SE, que significa: 
"Foi Ontem Despachado, Amanhã Será Entregue".
Foi promovido, é claro...
Vai ter raciocínio rápido assim lá na PQP (Produção, Qualidade e Planejamento).

Juarez Machado, Veneza 2003


NOTTE E GIORNO TRA AMICI
Óleo sobre tela - 1,00 x 0,73 cm

Carlos Drummond de Andrade em "Quando me amei"

Quando me amei de verdade, compreendi que em qualquer circunstância, eu estava no lugar certo, na hora certa, no momento exato. E, então, pude relaxar. Hoje sei que isso tem nome… auto-estima.

Quando me amei de verdade, pude perceber que a minha angústia, meu sofrimento emocional, não passa de um sinal de que estou indo contra as minhas verdades. Hoje sei que isso é… autenticidade.

Quando me amei de verdade, parei de desejar que a minha vida fosse diferente e comecei a ver que tudo o que acontece contribui para o meu crescimento. Hoje chamo isso de… amadurecimento.

Quando me amei de verdade, comecei a perceber como é ofensivo tentar forçar alguma situação ou alguém apenas para realizar aquilo que desejo, mesmo sabendo que não é o momento ou a pessoa não está preparada, inclusive eu mesmo. Hoje sei que o nome disso é… respeito.

Quando me amei de verdade, comecei a me livrar de tudo que não fosse saudável… pessoas, tarefas, crenças, tudo e qualquer coisa que me deixasse para baixo. De início, minha razão chamou essa atitude de egoísmo. Hoje sei que se chama… amor-próprio.

Quando me amei de verdade, deixei de temer meu tempo livre e desisti de fazer grandes planos, abandonei os projetos megalômanos de futuro. Hoje faço o que acho certo, o que gosto, quando quero e no meu próprio ritmo. Hoje sei que isso é… simplicidade.

Quando me amei de verdade, desisti de querer ter sempre razão e, com isso, errei muito menos vezes. Hoje descobri a… humildade.

Quando me amei de verdade, desisti de ficar revivendo o passado e de me preocupar muito com o futuro. Agora, me mantenho no presente, que é onde a vida acontece. Hoje vivo um dia de cada vez. Isso é… plenitude.

Quando me amei de verdade, percebi que a minha mente pode me atormentar e me decepcionar. Mas quando eu a coloco a serviço do meu coração, ela se torna uma grande e valiosa aliada. Tudo isso é…. saber viver!

A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos, na prudência egoísta que nada arrisca, e que, esquivando-se do sofrimento, perdemos também a felicidade.

terça-feira, 22 de maio de 2018

No Casulo é assim!

Os hábitos alimentares construídos na primeiríssima infância podem determinar a qualidade da alimentação por toda vida, por isso é fundamental a variedade de sabores e texturas, a tranquilidade e o prazer nas refeições, a qualidade do cardápio e sua introdução respeitosa. 


No CEI Casulo da Borboleta, é aplicado um rico e variado cardápio com orgânicos, sem glúten, sem leite animal, sem soja, sem açúcar, sem fritura, nem embutidos. Incentivada a introdução alimentar a partir dos 6 meses, gradativa e convidativa; a amamentação prolongada; e principalmente relatada com honestidade e detalhes a alimentação de cada criança para sua família através da agenda.

Alerta!

“A violência retira da criança e do adolescente a sua condição de sujeito e os reduz à condição de objeto, despidos de direitos e da própria subjetividade. A violência sexual, pela natureza do abuso, provoca na criança e no adolescente fragilidade e traumas específicos; viola sua intimidade, liberdade e dignidade; gera um efeito avassalador na imagem que a vítima faz de si mesma e na construção de sua própria sexualidade. Uma vez percebido o ato como violador (a criança pequena pode confundi-lo como próprio da afetividade parental), o violado depara-se com um sentimento de culpa e responsabilidade pelo acontecido, sente-se envergonhado, sujo e não merecedor de respeito e consideração”
(Bel Bittencourt - TCC Adoção de Crianças maiores: afeto na violação da Violência Infantil, 2012)

Que nunca deixemos de nos indignar diante da violência contra crianças e adolescentes...
Nosso compromisso é de luta pela vida e pela dignidade humana de crianças e adolescentes.

Beatles no Teatro da Liga

Feira do Livro Joinville: Otávio Junior

Otávio Junior fez a diferença em duas favelas do Rio, abrindo a primeira biblioteca no Complexo do Alemão e no Complexo da Penha. Otávio é escritor, ator, contador de histórias e produtor teatral, suas obras: O Livreiro do Alemão, O Garoto de Camisa Vermelha e O Chefão Lá do Morro.

Juarez Machado, 1999/2000


FILLE DE LA PLUIE
Escultura em bronze - 41 x 25 x 12 cm

Bem assim...

segunda-feira, 21 de maio de 2018

sábado, 19 de maio de 2018

Tarifa de água de Joinville sofrerá reajuste em junho de 2018

A Companhia Águas de Joinville informa que, a partir de junho de 2018, os serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário serão reajustados em 2,76%, referente à variação do IPCA entre maio de 2017 e abril de 2018.

O reajuste foi autorizado pela agência reguladora ARIS.
Como fica:
* Residencial (consumo até 10 m³): R$ 33,82
* Comercial (consumo até 10 m³): R$ 49,68
* Residencial tarifa social especial (consumo até 15 m³): R$ 13,75
* Residencial tarifa social (consumo até 10 m³): R$ 13,75

A tarifa de esgoto corresponde a 80% do valor da tarifa de água.
Fonte: https://www.joinville.sc.gov.br/noticias/tarifa-de-agua-de-joinville-sofrera-reajuste-em-junho-de-2018/

CDH convida...

Feira do Livro Joinville: Mary e Eliardo França

O casal Mary e Eliardo França são sucesso na literatura infantil. Ele gosta de pintar e desenhar, ela gosta de escrever, e hoje, os dois juntos são autores de diversas obras, entre elas: O baile, A roupa do rei, História dos pingos, Alegria, Alegria!, Lindo rubi, O osso, Os pingos em quadrinhos, Os pingos e o verão e Faz de conta.

Atue contra a depressão!

Pense (5)

Saramago

sexta-feira, 18 de maio de 2018

Amanhã... Conversa sobre Amamentação!

Dia Nacional de Luta contra o Abuso e Exploração de Crianças e Adolescentes

Pense (4)

Fábio Rabin em Joinville

Novo show Stand Up Comedy “Tô Viajando”...


"Tô Viajando" é o título do terceiro show de comédia Stand Up Fábio Rabin. Depois de "Sem Noção" (primeiro dvd de Stand Up Comedy lançado pela Sony Music) e "Queimando o Filme" que será disponibilizado pelo Netflix, o novo show foca nas experiências que o Stand Up Comedy proporcionou na carreira do comediante. Viagens. Seja de férias ou no palco o trabalho do comediante é ir até a sua plateia e também observar os lugares por onde passa. Depois de dez anos viajando pelo Brasil e realizando alguns shows internacionais o comediante coleciona histórias e observações de um brasileiro viajante. Além da viagem física, "Tô Viajando" também diz respeito as observações cotidianas de fatos que a olho nu poderiam parecer mundanos mas na cabeça do comediante se tornam "uma viagem".